Precursores do Espiritismo

Loading...

quinta-feira, 8 de março de 2012

Tema; A BUSCA DA VERDADE (2)

OBJETIVO:
Despertar o interesse para a busca das verdadeiras riquezas do Ser.

1. ATIVIDADE DINÂMICA

DISPARATE

Os participantes são divididos em dois grupos.  A um deles o coordenador dá  tiras de papel com as perguntas da relação abaixo (ou outras).  Ao outro grupo dá as respostas.  Os dois grupos aproximam-se formando duplas, aleatoriamente, colocando-se em duas fileiras que se defrontam. Cada participante lê, em voz alta, a pergunta e seu par a resposta.  Este jogo pode ser repetido outras vezes pois, a cada nova formação de duplas, haverá nova surpresa.
PERGUNTAS
RESPOSTAS
1.  Onde você estuda?  
ó
1.  No 3o andar do prédio da esquina.
2.  Como gosta de comer?   ó 2.  Na mesa com garfo e faca.
3.  Onde você brinca? ó 3.  No fundo do quintal, à noite.
4.  Onde guarda os sapatos? ó 4.  Debaixo da cama.
5.  Você beija suas amigas?  ó 5.  Depende da intimidade.
6.  O que seu melhor amigo gosta de fazer? ó 6.  Cafuné na sola do pé.
7.  Como você gosta de dormir?  ó 7.  Bem espalhada na cama.
8.  Como você se distrai? ó 8.  Vendo filme de terror.
9.  Onde você tomou banho? ó 9.   No banheiro da escola.
10. Você faz careta?  ó 10.  Só trancado no carro.
2. HARMONIZAÇÃO INICIAL
3. ATIVIDADE INTRODUTÓRIA
3.1- Apresentar no quadro, ou em tiras de papel, as seguintes frase:

A esperança é a última que morre.
A esperança é um inseto; portanto, tem seis pernas.
Estudei com a esperança de tirar boa nota.
A esperança dá  alegria aos corações.
3.2- Pedir ao grupo que leia cada frase e aponte aquela(s) onde a palavra esperança se refere a um ser vivo e as que se referem à esperança como sentimento.
3.3- Dizer que contará uma história que fala da esperança como sentimento.
4- ATIVIDADE REFLEXIVA
4.1-  Narrar a história: as estrelas que ficaram na terra
4.2- Avaliar a compreensão da história, através de perguntas.
4.3- Relatar o seguinte fato:

Um rapaz, no seu primeiro emprego, certo dia acendeu uma vela para procurar um objeto num cômodo totalmente às escuras.  Ali havia uma vasilha com um líquido inflamável, que logo pegou fogo. O rapaz rapidamente apagou-o com um cobertor que encontrou no chão. Ao ser chamado atenção pelo descuido, que poderia um líquido inflamável ter provocado um grave incêndio, defendeu-se dizendo ignorar que havia ali. Ele desconhecia a verdade isto é, a realidade daquela situação.

4.4- Perguntar:
– É importante conhecer a verdade sobre as coisas?
– É importante conhecer a verdade sobre nós e o que nos ajuda ou prejudica?
4.5- Ouvir as respostas. Dizer que nos próximos encontros iremos descobrindo muitos “pedacinhos” da Verdade sobre nós e sentiremos muita esperança. É a Verdade e a Esperança vão dar-nos paz, coragem e felicidade.
5- ATIVIDADE CRIATIVA
5.1- Dividir a turma em dois ou mais subgrupos, colocando-os afastados.  Propor que cada um crie uma dramatização: “O diálogo das estrelas que visitaram a Terra”. 
Lembrar que poderão falar sobre o que as estrelas pensavam antes de visitarem a Terra, o que viram de belo e de ruim, a surpresa, o regresso, a decisão da estrelinha verde etc.

5.2- Pedir que cada grupo faça sua apresentação. Valorizar os trabalhos apresentados, complementando com alguma observação que se faça necessária
6- HARMONIZAÇÃO FINAL / PRECE
Colocar música instrumental suave. Pedir que todos se sentem confortavelmente, fechem os olhos, respirem naturalmente, prestando atenção aos movimentos respiratórios.  Quando se sentirem relaxados e tranqüilos, imaginar um céu muito estrelado.  Fixar essa imagem mental, procurando sentir grande paz.
7- AUTO-AVALIAÇÃO
Pedir que cada um expresse o interesse que cada atividade despertou, e se a conduta individual e a grupal favoreceram o trabalho realizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário