Precursores do Espiritismo

Loading...

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Tema básico - Ação e Reação


OBJETIVO:
Identificar a Lei de Ação e Reação com conseqüências numa mesma existência.

1. ATIVIDADE DINÂMICA
BOLA À CESTA
Material: uma cesta (ou balde) e uma bola.
Dividir os participantes em dois times, que formarão em duas colunas. Um participante de cada time, alternadamente, tentará arremessar a bola na cesta, distante 3 metros da linha de arremesso. Cada um faz duas jogadas, ganhando o time que fizer maior número de pontos.
Pontuação:
1 só arremesso certo - 2 pontos
2 arremessos certos - 5 pontos
2. HARMONIZAÇÃO INICIAL
3. ATIVIDADE INTRODUTÓRIA
Realizar a seguinte atividade, objetivando facilitar o entendimento da Lei de Ação e Reação:
- Colocar sobre a mesa um pedaço de madeira (de preferência macia), pregos grandes e martelo.
- Pedir aos participantes que citem algumas “más ações”.
- A cada ação citada, um participante coloca um prego na madeira.
- No final, alguém retirará os pregos. Levar o grupo a observar as marcas dos pregos na madeira.
4- ATIVIDADE REFLEXIVA
4.1- Perguntar:
– Os pregos deixam marcas na madeira. E as nossas ações onde deixam marcas?
4.2- Narrar: a mesma dor
4.3- Pedir ao grupo que reflita sobre o caso:
– O crime foi descoberto por alguém? – O criminoso conseguiu fugir à Justiça? – Na demonstração que fizemos, o prego deixou uma marca na madeira. E o crime, onde deixou sua marca? (Explicar que a nossa consciência registra todos os atos, bons ou maus, formando “marcas” ou “matrizes”, que provocarão reações ou conseqüências semelhantes).
– Quando desaparecem as “marcas” das más ações? (Quando sofremos e depois reparamos os mesmo erros. Lembrar que sofrer não é suficiente).
– E se morremos antes de reparar os nossos erros? (As “marcas” na consciência nos farão sofrer muito, mas Deus possibilitará a reparação em outra existência).
4.4- Concluir com o seguinte conceito:
Temos o livre-arbítrio (possibilidade de escolher nossas ações) para construir nosso destino, mas colheremos sempre de acordo com a escolha feita.
5. ATIVIDADE CRIATIVA
5.1- Apresentar numa folha de papel a seguinte quadrinha:
Pela Justiça Divina Ninguém recebe favores. Assim quem semeia espinhos, Não poderá colher flores.
(autor desconhecido)
5.2- Pedir ao grupo que comente a quadrinha ou esclareça com exemplos.
5.3- Propor criar uma música para esta letra, individualmente ou em grupo.
5.4- Promover a apresentação. Se possível, fazer um acompanhamento com violão para maior valorização das músicas criadas pelo grupo.
6- HARMONIZAÇÃO FINAL / PRECE
6.1- Propor ao grupo a visualização de uma paisagem repousante e, em seguida, a visualização da luz.
6.2- Encerrar com uma prece solicitando ao Pai a percepção dos erros cometidos, coragem para repará-los, conquistando a paz da consciência.


7- AUTO-AVALIAÇÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário