Precursores do Espiritismo

Loading...

sábado, 21 de março de 2015

O LEITE DERRAMADO


Tuninho procurava nas gavetas a sua nota de um real. Tão novinha era, que parecia ter saído do banco direto para as mãos de Tuninho.

Fig. 1- – Foi você quem pegou! – gritava irritado o Tuninho para a irmã mais nova. Nota não tem asas para voar da gaveta.
E cheio de raiva, Tuninho avançou para a irmã, que, assustada, saiu correndo da sala. Atrás dela saiu o irmão, correndo de tal forma que não viu o Azeitona trazendo, num grande pote, o leite que tinha acabado de apanhar no curral.

Fig. 2Azeitona e Tuninho se chocaram, caindo cada um para um lado. O leite... derramou-se pelo chão de terra! Nada pode ser aproveitado.
D. Ruth, a mãe das crianças, preparava o café enquanto esperava o leite chegar do curral. Ao ouvir os gritos do filho, veio da cozinha e já encontrou os dois meninos no chão.
Não é preciso dizer que, depois de uma severa repreensão, Tuninho foi para o curral ordenhar a vaca e trazer mais leite.
Com o que aconteceu, todas as crianças atrasaram-se e perderam o único ônibus que os levava para a escola e que só passava de hora em hora. Tiveram mesmo de ir a pé.

Fig. 3Só que não contavam com uma chuva forte que os pegou no caminho. Chegaram à escola totalmente molhados. Arrumaram-se como puderam com blusas antigas emprestadas pela diretora e jornais para forrar os sapatos.
No dia seguinte os irmãos estavam gripados e com dor de cabeça.

Fig.4 - O pior era o Tuninho, que estava com febre alta. Dias depois apareceu-lhe uma pneumonia que o obrigou a ficar de cama vários dias. Um prejuízo para ele, além da despesa com remédios que D. Ruth teve de fazer, com sacrifício para toda a família.
Quando Tuninho já estava melhor, um dia foi arrumar suas roupas na gaveta. Ao puxá-la percebeu que alguma coisa estava presa. Qual não foi o seu espanto: uma nota nova de um real bem amassadinha! Justamente aquela que tanto procurou!
Tuninho ficou pensativo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário